Pular para o conteúdo principal

Como criar um bom título para seu livro



A coisa que os escritores mais gostam de fazer é escrever, logo, uma das tarefas mais complicadas para eles é criar um nome para sua obra. Desenvolver um título que concentre as características e o potencial que seu livro possui será um exercício que exigirá poder de síntese, algo que muitos romancistas não possuem.
É bem verdade que muitos autores começam a escrever já com um título para seus livros na cabeça e se este for o seu caso, parabéns, pois isto lhe poupará algum trabalho. Por outro lado, muitas vezes também, o título escolhido antecipadamente não reflete o que há na trama. Só para citar como um exemplo prático; quando eu estava escrevendo meu terceiro romance, iniciei o projeto com a idea de chamar o livro de "Fantasias do mal", durante o processo de escrita percebi que aquele nome não captava a dimensão de tudo o que a trama tinha; abandonei o nome inicial e após terminar de escrever todo o livro fiz uma pequena pesquisa e cheguei à conclusão de que o nome mais adequado para meu livro seria "Érebus".

Eis aqui quatro coisas básicas que um título de livro precisa ter e fazer:

1: Um título precisa vestir o livro;

Um livro e seu título precisam estar tão alinhados como como se um fosse a roupa do outro, poucas coisas são mais estranhas do que um título que sugere uma coisa e um livro que não tem nada do que foi sugerido no título. Alguns poucos autores conseguem fazer isso com certo grau de sucesso, mas em via de regra quem tenta este tipo de manobra achando que criará algum mistério geralmente fracassa.

2: Precisa chamar a atenção;

Muitas vezes, seja na prateleira de uma livraria, seja numa página da internet, as pessoas, potenciais leitores, vão passar os olhos pela capa de seu livro; neste momento duas coisas precisam estar em sintonia para fazer com que esse potencial leitor se torne um consumidor de sua obra; a capa do livro e o título. 


3: Precisa dar individualidade ao seu livro;

Evite a todo custo usar um título de livro que alguém já tenha usado, principalmente se for um livro de sucesso de algum autor conhecido, porque nesse caso pode acontecer de o seu livro ficar na sombra do outro mais famoso e as pessoas não conseguirem encontrá-lo ou pior, pode acontecer do seu livro competir com o mais famoso, e isso é péssimo principalmente para autores iniciantes.
Pense fora da caixa, use a sua imaginação privilegiada e crie um título que seja só seu, compreenda que o nome de seu livro tem de ser como uma marca única que o distinguirá de todos os outros.
Imagine o quão difícil será para um jovem autor fazer com que seu livro ganhe espaço e seja encontrado pelos leitores se ele colocar o título de seu livro de "O Pequeno Príncipe". Evite nomes que já tenha sido utilizados mesmo que eles sejam de gêneros diferentes daquele que você escreve.


4: Um título precisa ser simples;

Escrever títulos complicados e ou grandes demais serve mais para afastar leitores do que para atraí-los, por isso tenha atenção neste detalhe. Existe uma frase atribuída ao gênio Leonardo Da Vinci que diz que a simplicidade é o ultimo degrau da sofisticação; desta forma


Agora, aqui estão quatro dicas simples para lhe ajudar a desenvolver o título ideal para seu livro.

1: Quando estiver em dúvida escreva o título depois de ter terminado de escrever todo o livro porque desta forma você terá uma visão completa de todas as características que o nome deve englobar para ser um título alinhado com sua obra. E se começou a escrever já com um nome na cabeça, mas percebeu que ele não se encaixa na sua trama por qualquer motivo, não tenha vergonha de descartá-lo e trocá-lo quantas vezes forem necessárias. Lembre sempre que o título não é apenas um detalhe; e que muitas obras conseguem vendas apenas por causa de seu título.

2:  Pare por um momento e pense que tipo de título atrai você; se você é um leitor do tipo de livro que escreve (algo que você tem a obrigação de ser), muito provavelmente o tipo de título que lhe atrai também atrairá outras pessoas. Essa dica é muito eficaz e muitos autores não a usam por achar que é simples demais, mas é se colocando no lugar do leitor que você vai conseguir ver as coisas pelo prisma certo.

3: Escreva vários nomes diferentes para seu livro; quantos forem necessários, vá eliminando os que julgar que estão mais distantes de sua trama; explore as possibilidades; se você tiver alguém em quem confie, mostre os nomes e peça opinião, fale em termos gerais da sua trama e veja que nome as pessoas acham que se encaixa melhor nela, mas tenha em mente que a decisão deve ser sua, nunca entregue-a para outra pessoa, opiniões são indicativos que podem ou não ser levados em consideração.

4: Faça uma lista de livros de grande sucesso e dê uma boa olhada em seus títulos; veja como invariavelmente eles estão dentro destes padrões; procure se inspirar com títulos de grande sucesso, mas nunca use nomes iguais àqueles já consagrados.

São dicas simples, mas a verdade é que justamente por serem simples não são praticadas; dedique algum tempo pensando nisso e praticando, pois certamente estas dicas vão lhe ajudar a criar um título que seja exatamente aquilo que sua obra precisa.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como planejar escrever um livro.

Muitas pessoas com quem converso falam que gostariam de escrever algum tipo de romance, seja de terror, suspense, aventura, ficção científica etc... Essas pessoas chegam até a falar todo o conceito do livro, ou seja, contam de forma reduzida as bases de sua trama, mas nunca  escrevem realmente. Durante algum tempo isso também aconteceu comigo, mas consegui resolver esse pequeno problema de uma forma bastante simples que vou passar para vocês. Eu desenvolvi uma espécie de método que funcionou muito bem para mim e que certamente vai ajudar qualquer pessoa que tenha o desejo de escrever um romance, seja do gênero que for, eu utilizei este método para escrever meus três romances: "Érebus", Cruz de Fogo" e "Noites sem Lua". Também estou usando para escrever meus próximos livros "Nyx", "Hellius" e "Caos"; e você vai usar para escrever o seu também.

Antes de iniciarmos no passo a passo para a construção do livro é preciso dizer que você…

A lua e o lobo -- Conto

_Algumas coisas não são mais como eram antes. A cidade mudou demais. Eu mudei demais.

Sandro estava descalço e sentado sobre um troco de árvore cortado poucos dias antes, a seu lado uma garrafa contendo uma estranha bebida indígena. Havia três anos que saíra do exército brasileiro, e neste período sua vida mudou completamente, principalmente em noites como aquela.

Seus instintos não mais o enganavam, tinha certeza de que poderia encontrar um pouco de ação por aquelas bandas; a verdade é que aquela rua estava totalmente deserta e poucas pessoas passavam por ali depois que anoitecia. Ele mesmo anos atrás não ousaria ficar sentado naquele lugar com pouquíssima luz, o céu noturno estava estrelado, porém com algumas nuvens que encobriam o grande e belo luar.

Pouco tempo depois ele sentiu o cheiro sendo trazido pelo vento; na verdade era um misto de cheiros diferentes, mas que ele conhecia muito bem. O medo feminino em contraste com a adrenalina dos caçadores. Vampiros Ele não sabia como agir; …